Filosofia da Técnica

Pensar sobre tudo o que nos cerca, inclusive nós mesmos, é uma condição atávica do ser humano, ou melhor dizendo, pensar é o que justamente nos faz humanos.

Estamos mais e mais cercados por uma infinidade de coisas, vivendo, como peixes em um aquário, em condições mais e mais artificiais, assim como um "meio técnico-científico-informacional", na denominação de Milton . Um meio artificial, ou "natureza terceira", onde a densidade destes qualificadores "técnico", científico" e "informacional", é progressivamente intensificada.

Nosso "pensar", se não entorpecido por este meio, se reduz às suas exigências, se atrofiando a tal ponto, que no movimento secular do "esquecimento do ser" assume uma "atitude natural" para tudo que o cerca. A começar pela técnica, passando pela ciência subserviente em grande parte a esta, chegando até o apogeu das tecnologias de ponta, como a informática, tudo deve ser repensado, apesar da dificuldade de se pensar o meio onde se está inteiramente imerso.

A investigação deve ser o mais que possível "imparcial", com o devido recuo, e a competência crítica que alguns pensadores da ciência, da técnica e da informática, em especial, legaram. O meio no qual estamos "imersos" deve ser visto de fora, com todas as dificuldades que esta empreitada impõe. Alertas ainda mais pelo fato de que dentro deste meio técnico-científico-informacional e destas condições de vida, uma tecnologia vem cada vez mais predominando, estabelecendo um "mundo virtual" como nossa morada, memória, trânsito. Redefinindo nossas interações e até nós mesmos como informação e instituindo a base técnica para todo tratamento, processamento, armazenamento e transmissão dessa informação, a informática.

Esta seção tem assim a pretensão de investigar o que "é" a técnica moderna e dentro desta, seu expoente maior, a informática. O eixo diretor desta reflexão pretende ser o pensamento de sobre o "ser" humano, o pensar, a ciência e a técnica.

Recomendamos o livro «Sobre a Essência da Informática», aos interessados em uma reflexão filosófica sobre a técnica, e em particular a informática. Para ler o livro é necessário o leitor Kindle, seja individual ou seja para PC, Mac ou IPAD. O livro pode ser comprado e baixado na: AMAZON e AMAZON BRASIL

Links recomendados
Revista digital: Techné — Research in Philosophy and Technology
Revista digital: Multitudes