homem

Considerando que o homem não é simplesmente mais um animal, que o homem se faz como o que é não pelas sua características intrínsecas, mas pela sua relação com o ser e a verdade: "A metafísica não sabe, nem pode saber, nada do modo como a essência da verdade e do ser e a relação com ambos determina a essência do homem, de maneira que nem a animalidade nem a racionalidade, nem o corpo nem a alma, nem o espírito, nem os três juntos, são suficientes para compreender a essência fundamental do homem" (Nietzsche II, 195). O ser e a verdade não têm, contudo, uma natureza fixa, prontamente acessível para nós. Damos diferentes explicações do ser e da verdade em diferentes épocas, e o que eles são em dado período depende, em parte, de nossas questões e respostas acerca deles. O que o homem é em um dado período também depende das nossas questões e respostas. (Michael Inwood, Dicionário Heidegger)